Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

A solução para resolver os problemas da saúde do Estado começa com a CPI, diz deputado

Novamente o deputado José Ricardo (PT) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para cobrar a instalação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde, que pretende investigar os mais de 600 contratos entre a Secretaria de Estado da Saúde (Susam) e empresas privadas nos últimos cinco anos.

O requerimento conseguiu sete assinaturas, faltando apenas mais uma assinatura para que o pedido seja protocolizado. Além dos autores da propositura, deputado José Ricardo e deputado Luiz Castro (Rede), assinaram também o documento os deputados Sabá Reis (PR), Sinésio Campos (PT) Platiny Soares (DEM) e Augusto Ferraz, também do DEM.

Para o deputado José Ricardo, a instalação da CPI se faz cada dia mais necessária, uma vez que a situação da saúde está cada vez pior, principalmente nos municípios do interior do Estado, que não está recebendo apoio estrutural necessário por parte do Governo do Estado, para o bom funcionamento dos hospitais. Como é o caso dos municípios de Coari e Codajás, visitados no último final de semana pelo parlamentar, que foi fiscalizar os serviços públicos de responsabilidade do Executivo Estadual.

No hospital Regional de Coari, Doutor Odair Carlos Geraldo, dentre os principais problemas, a população se queixa de superlotação. É preciso ampliar o número de leitos, pois a estrutura atual não suporta mais a demanda, uma vez que recebe pessoas de outros municípios. Precisa de mais profissionais de saúde, na unidade só tem dois médicos e uma enfermeira que atendem em média 100 pacientes por dia. A lavanderia não está dando conta da demanda do hospital. Quanto aos medicamentos, estão ocorrendo atrasos na entrega, por parte do Governo do Estado. Faltam também médicos especializados. Nove médicos cubanos fazem o atendimento, se acabar o contrato o município ficará desassistido completamente.

Já no hospital João da Silva, de Codajás, a gestão da unidade de saúde é compartilhada com a Prefeitura. Como nas maiorias dos municípios visitados por José Ricardo, há um grande déficit de funcionários e os gestores clamam por mais concursos públicos. Quanto aos exames, apenas alguns estão sendo feitos, mas não os básicos, pois não há bioquímicos no hospital. Também faltam médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e demais profissionais da saúde para atender a demanda, bem como materiais para realização de alguns exames. Há vários meses que a unidade não recebe recursos para sua manutenção. Além de tudo isso, as vias de acesso ao hospital, como também em quase todo o município, estão intrafegáveis.

“O Governo do Estado precisa levar a sério o problema da saúde no Amazonas. Vou continuar minha cobrança pela instalação da CPI, pois o dinheiro que está faltando nos hospitais, para agilizar as filas de exames e de cirurgias e todos esses problemas dos municípios, não sabe para onde está indo. Por isso, a minha insistência sobre a instalação da CPI. O nosso papel de investigar é constitucional, é nosso dever, enquanto parlamentar”, destacou José Ricardo.



Categorias:Política

Tags:, , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: