Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Sindicato dos Rodoviários quer nova greve; prefeito diz que foi pego de surpresa

A greve, possivelmente, será na próxima terça-feira (10).

Por RedaçãoAM

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus anunciou, nesta quinta-feira (5), que a categoria está próxima de decidir se inicia uma nova greve geral, a partir de terça-feira (10), idêntica à que ocorreu entre os dias 27 de maio a 04 de junho desse ano, quando 100% da frota de ônibus em Manaus foi paralisada por sete dias consecutivos.

Conforme o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir de Oliveira, a categoria está com os salários atrasados há três meses, por isso, a possível greve vai reivindicar, além dos salários, o pagamento do vale alimentação que está atrasado. O Sindicato diz ainda que as empresas não estão pagando férias vencidas, o lanche dos trabalhadores, a sexta básica, o plano de saúde, e estão dando demissões por justa causa em excesso.

Surpresa

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), disse que foi pego de surpresa com a informação, mas ressaltou que não acredita na adesão dos trabalhadores no que ele chamou que “onda ruim”, encabeçada pela presidência do Sindicato.

“Eu não acredito nessa greve. O que eles querem com isso? O que eles ganharam na última greve. Ela foi nociva à população e a categoria não ganhou nada com isso”, disse Arthur.

O prefeito fez questão de ressaltar que, na última greve, a categoria e a sociedade saíram prejudicadas. “Eu fico surpreso porque eles acabaram saindo de uma greve na qual não ganharam o que queriam. Os trabalhadores perceberam que não foi uma boa. Eles queriam 6,5% e só conseguiram  5,5%. Fomos surpreendidos e acredito que não haverá adesão dos trabalhadores”, afirmou.



Categorias:Cidades

Tags:, , , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: