Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Em lançamento da pré-candidatura de Silas Câmara, Omar fala de “ingratos” e faz críticas a Amazonino

Ex-aliado de Amazonino nos últimos meses, o deputado Silas oficializou o apoio do PRB a candidatura de Omar.


Por RedaçãoAM

No lançamento da pré-candidatura de Silas Câmara (PRB) para a reeleição a deputado federal, o senador e pré-candidato, Omar Aziz (PSD), fez críticas ao governador Amazonino Mendes (PDT) e ao prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB). O evento ocorreu neste sábado (14), em um clube da zona Norte.

Vale lembrar que, na sexta-feira (13), o prefeito foi homenageado por completar 40 anos de vida pública e, na ocasião, subiu ao palanque acompanhado de Amazonino deixando no ar a reedição de uma aliança política para a eleição deste ano.

No evento deste sábado o senador Omar fez menção a Amazonino afirmando que ninguém pode governar aos 100 anos de idade. E estendendo as críticas o senador reclamou de pessoas ingratas. “Moisés escreveu 10 mandamentos, mas faltou o 11º mandamento: não serás ingrato. Mas a bíblia fala que dos soberbos”, declarou.

Omar Aziz ressaltou que apoiou Amazonino na eleição passada, mas com o compromisso de modernizar a máquina pública, coisa que, conforme o senador, não foi feito.

No final do evento, Silas Câmara – que até pouco tempo era aliado do governador -, foi questionado por um repórter sobre a possível aliança de Arthur e Amazonino. No mesmo instante ele declarou que na política amazonense acontece absurdos e completou dizendo que ele e seu partido permanecem coerentes.

Apoio

Silas Câmara aproveitou a ocasião para declarar o apoio a Omar na disputa ao governo. Ele declarou que o senador vai ser eleito pela vontade de Deus. “Você não está só, a última palavra vem de Deus”, disse.

A convenção partidária que vai sacramentar o apoio já está marcada para o dia 4 de agosto, no Shopping Studio 5.



Categorias:Política

Tags:, , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: