Circuito Sest Senat de Caminhada e Corrida de Rua atrai mais de 2,5 mil pessoas, em Manaus


Por RedaçãoAM

A 5ª edição do Circuito Sest Senat de Caminhada e Corrida de Rua – Etapa Manaus, que aconteceu no sábado (14), na Avenida Coronel Teixeira – em frente ao anfiteatro da Praia da Ponta Negra, atraiu mais de 2,5 mil pessoas, entre atletas profissionais, corredores amadores, simpatizantes e público em geral.

De acordo com o coordenador de promoção social da unidade A-16, do Sest Senat – Manaus, Welton Flexa, este ano, a corrida foi considerada a maior de todos os tempos, superando o número de participantes do ano passado.

Segundo Welton, a 5ª edição do Circuito Sest Senat de Caminhada e Corrida de Rua – Etapa Manaus, inovou e trouxe um espaço recheado de novidades, com tecnologia e atendimento personalizado durante todo o percurso da corrida.

“Os corredores ficaram surpresos com a grandiosidade da corrida Sest Senat deste ano. Nós ficamos felizes pelo grande número de participantes e por saber que estamos fazendo parte de um momento de incentivo à prática esportiva”, disse Welton.

O coordenador de promoção social da unidade A-16, do SEST SENAT – Manaus, informou que o evento aconteceu por meio do projeto de promoção social, que tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida do trabalhador do transporte, dos seus familiares e da comunidade.

“O Circuito SESTE SENAT de Caminhada e Corrida de Rua possibilitou à prática de atividades físicas, de lazer, de recreação e entretenimento”, salientou Welton.

Welton Flexa disse que cada vez mais, o circuito SEST SENAT de caminhada e corrida de rua, vem atraindo um número maior de pessoas, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores do setor do transporte, além de atingir a questão do sedentarismo dos trabalhadores do setor do transporte.

“O projeto tem essa finalidade, de fazer com que o trabalhador do transporte, ou a comunidade como um todo, procure o cuidado com o bem-estar e qualidade de vida”, disse.

Social

A promoção social busca desenvolver, executar, gerenciar, apoiar e avaliar atividades e propostas voltados à promoção social do trabalhador do transporte, seus dependentes e comunidade nas áreas de saúde (nos campos da assistência odontológica, fisioterápica, nutricional, psicológica e de educação para saúde), esporte, lazer, cultura e responsabilidade socioambiental, bem como desenvolver estudos e pesquisas e produzir informações qualitativas e quantitativas para subsidiar o aperfeiçoamento de processos e de projetos sociais, além de realizar o acompanhamento, o monitoramento e a avaliação de atividades e serviços notadamente inerentes à promoção social.



Categorias:Cidades

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: