Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Conta de luz fica mais cara a partir desta quinta-feira (1º)

O reajuste tarifário da Amazonas Distribuidora de Energia foi aprovado nesta terça-feira.

Da Redação

Manaus – A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou nesta terça-feira (30), durante reunião pública, o reajuste tarifário da Amazonas Distribuidora de Energia (AmE). A empresa atende 998 mil unidades consumidoras localizadas no Estado do Amazonas. O reajuste entrará em vigor a partir de quinta-feira (1º).

Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Agência considera a variação de custos associados à prestação do serviço. No caso da Amazonas Energia, o que mais contribuiu para o reajuste foram os gastos com compra de energia. Um dos fatores foi o aumento do preço médio de energia no Ambiente de Contratação Regulada (ACR Médio) que precifica a aquisição de energia nos Sistemas Isolados.

A Amazonas tem custos de compra de energia com a parte do estado interligada e com a parte isolada. Os custos com o risco hidrológico também impactaram o reajuste.

Em virtude de liminar judicial, não há aplicação das bandeiras tarifárias na área de concessão da AmE. Assim os seus consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional não percebem o benefício da redução do impacto da variação do custo de energia proporcionado pelo acionamento mensal das bandeiras tarifárias.

Caso as bandeiras tivessem sido aplicadas nos meses de agosto de 2017 a julho de 2018, a distribuidora arrecadaria cerca de R$ 99,75 milhões e o potencial de redução no processo tarifário seria de 3,65%.

Confira abaixo os índices que serão aplicados às contas de luz dos consumidores:

Aumento da conta de luz

 



Categorias:Amazônia, Economia

Tags:,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: