Faltam apenas duas assinaturas para instalação da ‘CPI dos combustíveis’, na ALE-AM

O pedido de investigação sobre o preço dos combustíveis foi apresentado no início deste mês.


Por Asafe Augusto


Manaus – O documento que pede a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a existência de um possível cartel no preço dos combustíveis no Estado, recebeu mais duas assinaturas de deputados na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), durante sessão compensatória desta segunda-feira (25).

Deputado Roberto Cidade assina a ‘CPI dos Combustíveis’. (Foto: Asafe Augusto)

A deputada Joana D’Arc (PR) e Roberto Cidade (PV) decidiram assinar a CPI que agora conta com o apoio de seis deputados. Além dos parlamentares, já assinaram Álvaro Campelo (PP) – autor da proposta -, Dermilson Chagas (PP), Wilker Barreto (PHS) e Serafim Corrêa (PSB).

São necessárias oito assinaturas para que a CPI seja instaurada na Casa. Conforme o deputado Álvaro Campelo, a tentativa de convencer outros parlamentares a darem apoio continua nos próximos dias.

O deputado Sinésio Campos (PT), que não assinou o documento, afirmou que precisa ver melhor os motivos para a instauração da investigação para, segundo ele, a CPI ser mais mais eficaz e não um “oba-oba”.

Deixe uma resposta