Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Laboratório artesanal da Setrab estima alcançar 220 artesãos no AM

O projeto deve ser implantado em oito municípios do Estado.


Da redação


Manaus – A Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), que coordena o Programa de Promoção do Artesanato Amazonense (Papa), está buscando implantar um Laboratório Técnico de Artesanato no Amazonas. A iniciativa servirá para a qualificação de centenas de trabalhadores que atuam no segmento das artes manuais.

Conforme afirmou a secretária da Setrab, Neila Azrak, cerca de 220 artesãos de oito municípios amazonenses serão beneficiados, diretamente, com o projeto, além dos que poderão ser auxiliados indiretamente.

“Estamos realizando uma missão técnica em vários territórios onde o artesanato é muito valorizado, a fim de adequarmos o nosso projeto e firmarmos parcerias para implantar um Laboratório Artesanal competitivo no Amazonas, com o único propósito de qualificar e beneficiar os nossos artesãos, eles, que, são grandes artistas e trabalhadores dignos também”, disse Neila.

Para a concretização do projeto, a secretária da Setrab, Neila Azrak, tem participado de estudos técnicos e visitas a laboratórios artesanais de referência nacional e internacional, a fim de basear-se em diversos modelos e assim desenvolver o centro de qualificação no Amazonas.

A Setrab já conta com R$ 1 milhão oriundo do Governo Federal para promover o segmento e atividades do artesanato no Amazonas. Porém, para receber o recurso é necessário finalizar o termo de referência, o qual, segundo informou a gerente do Programa do Artesanato Amazonense, Cláudia Monteiro, está sendo ajustado conforme os laboratórios analisados pela secretaria.

Medellín e Bogotá

A secretária Neila e a gerente Cláudia Monteiro realizaram uma viagem à Colômbia, entre os dias 17 e 24 de maio. A primeira agenda ocorreu na cidade de Medellín, com visita técnica a ExpoArtesano 2019 e reunião na Subgerência de Promoção de Oportunidades Comerciais e de Desenvolvimento e Fortalecimento do Setor Artesanal. Nos dias seguintes, as pautas foram na comunidade de Carmen de Viboral, que é atendida pelo laboratório artesanal de inovação e design do departamento de Antioquia, e na Gerência de Desenvolvimento e Fortalecimento do Artesanato da Colômbia, sobre o Programa de Artesanato Brasileiro e Amazonense.

Na cidade de Bogotá, a secretária de Estado do Trabalho, Neila Azrak, recebeu, em mãos, da subgerente do setor Artesanal da Colômbia, Jimena Posada, um convite ao Amazonas para participação de artesãos amazonenses na III Feira Artesanal Amazônica, que acontecerá em Letícia, em outubro deste ano. O espaço para

Ainda na viagem, a secretária Neila e a gerente do Programa do Artesanato Amazonense, estiveram na embaixada do Brasil na Colômbia, tratando sobre os projetos do Governo do Estado por meio da Setrab para desenvolver o artesanato na região. O diálogo ocorreu com o primeiro secretário, Leonardo Valverde, com a segunda secretária, Helena Gressler, e o segundo secretário e chefe do setor de Promoção Comercial, Agricultura e Turismo, Daniel Guimarães.



Categorias:Amazônia

Tags:, ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: