Valor real do PIB do Amazonas tem queda no primeiro trimestre de 2019


Da redação


Manaus – O Produto Interno Bruto (PIB) do Amazonas, teve um decréscimo de 0,37% no seu valor real, no primeiro trimestre de 2019 em relação ao primeiro trimestre de 2018. As informações foram divulgadas pelo Governo do Estado, após um levantamento feito pela Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti).

No mesmo período o estado totalizou R$ 24,72 bilhões, um crescimento nominal de 4,19% em relação ao igual período de 2018.

A queda foi puxada pelo setor de imposto reflexo da redução de 0,40% na arrecadação do ICMS, segundo o Governo.

Entre o primeiro trimestre de 2019 e o quarto trimestre de 2018, a queda na arrecadação foi de 8,61%, segundo dados da Secretaria de Fazenda do Estado do Amazonas (Sefaz-AM). O Setor de Imposto registrou no primeiro trimestre de 2019 um total de R$ 2,799 bilhões, contra R$ 2,837 bilhões do primeiro trimestre de 2018, e R$ 3,069 bilhões do quarto trimestre de 2018.

A Indústria registrou, no primeiro trimestre de 2019, um total de R$ 7,3 bilhões, acima dos R$ 7,041 bilhões do primeiro trimestre de 2018, um crescimento de 3,68%, participando com 30% no PIB do estado. Dentre os subsetores (Indústria de Transformação, Construção Civil, Serviços Industriais de Utilidade Pública e Indústrias Extrativas), a Indústria de Transformação representa 80% do total PIB da Indústria. Esse subsetor apresentou crescimento de 5,59% na comparação com o primeiro trimestre de 2018, resultado do aumento (9,61%) das receitas das empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM), no período analisado.

O setor de Serviço totalizou um valor de R$ 12,834 bilhões, cuja participação no PIB do estado foi de 52% e apresentou um crescimento de 5,30% na comparação entre o primeiro trimestre de 2019 e o primeiro de 2018. O crescimento está relacionado com o índice de volume de vendas do comércio varejista ampliado, que teve incremento de 2,06% no primeiro trimestre de 2019, em relação ao primeiro de 2018. Na comparação com o quarto trimestre do ano passado, houve queda de 12,46%, em razão de o consumo do final do ano ser maior que no primeiro trimestre do ano corrente.

A Agropecuária apresentou um crescimento de 7,59% no comparativo, com um salto de R$ 1,66 bilhão, no primeiro trimestre de 2018, para R$ 1,786 bilhão, no primeiro trimestre deste ano.



Categorias:Economia

Tags:, ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: