Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Artesanato amazonense está entre os mais vendidos em feira nacional

Cerca de R$ 126.390,87 foram gerados para os artesãos do Amazonas.


Da redação


Manaus – Cestarias e esculturas de madeira são os principais produtos comercializados pelos artesãos amazonenses na 20ª edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), realizada no Centro de Convenções, em Olinda (PE). As peças chamam a atenção dos visitantes, e já foram encomendados 3.160 itens amazônicos.

(Foto: divulgação Setrab)

A exposição é uma oportunidade de renda para artesãos individuais e grupos representativos. Cerca de R$ 126.390,87 foram gerados para os artesãos do Amazonas, em apenas quatro dias de evento. A Fenearte segue até o domingo (14/07), funcionando das 14h às 22h, nos dias úteis, e das 10h às 22h, nos fins de semana. De segunda a sexta, a entrada custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Para a artesã amazonense do município de Maraã (a 634 quilômetros de Manaus), Maria Rosenize Amaral, que representa um grupo de artesãos de sua cidade, as vendas estão sendo muito boas. Ela afirmou que desde o início desta edição, tem alcançado novas oportunidades de negócios e encomendas dos seus produtos.

“Essa é a quarta vez que participo, e sempre é muito bom pra mim. A Fenearte é onde tenho a oportunidade de vender e receber novas encomendas do nosso artesanato, porque lá na comunidade onde moro não tenho para quem vender, o meu público está nas feiras, está em outras cidades e estados. Por isso, sou muito agradecida pela chance que a Setrab nos dá de conseguir renda e o sustento de nossas famílias”, disse.

Além da Maria Rosenize, há oito artesãos amazonenses participando da Feira, com a venda de produtos feitos a partir da madeira, de fibras, sementes, couro e penas. Os preços variam de R$ 5 a R$ 900.

Com informações da assessoria.



Categorias:Economia

Tags:, ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: