Desembargadora concede habeas corpus a Nejmi Aziz

Nejmi teve a prisão temporária decretada pela Justiça Federal, após a deflagração da operação ‘Vertex’.


Por Asafe Augusto


Manaus – A desembargadora Regional da Justiça Federal, Maria do Carmo Cardoso, concedeu um habeas corpus, com pedido liminar, para a ex-primeira-dama do Amazonas, Nejmi Aziz, que deixou o Centro de Detenção Feminino (CDPF), na noite de domingo (21).

Em sua decisão a desembargadora escreveu que os fundamentos apresentados pela acusação não demonstram que a prisão da ex-primeira-dama era imprescindível, ou seja necessários para que uma pessoa seja presa.

Para a desembargadora, a possibilidade de destruição de provas ou outros embaraços para a ação policial nas investigações, são “alegações genéricas”.

Nejmi teve a prisão temporária decretada pela Justiça Federal, após a deflagração da operação ‘Vertex’, que é a continuação da operação ‘Maus Caminhos’, da Polícia Federal (PF) e Ministério Público Federal (MPF), que investiga o desvio de verbas milionárias da saúde do Amazonas.

Leia a decisão aqui.

De acordo com os delegados da Polícia Federal, Nejmi e os irmão de Omar, Amin, Mansour e Murad, recebiam vantagens diretamente de Mouhamad Moustafa, dos desvios de dinheiro público que eram feitos pelo Instituto Novos Caminhos (INC).



Categorias:Cidades

Tags:, , , , , , , , ,

1 resposta

Trackbacks

  1. Nejmi Aziz volta a ser presa pela Polícia Federal nesta quarta-feira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: