Ministros de Bolsonaro se reúnem em Manaus para debater combate a queimadas

A reunião vai acontecer na terça-feira e contará com o secretário geral da Presidência e três presidentes de institutos federais.


Da redação


Manaus – O governador do Amazonas, Wilson Lima, se reúne na terça-feira (03), na sede do Governo, na zona oeste de Manaus, às 10h, com os ministros da Casa Civil da Presidência, Onyx Lorenzoni; do Meio Ambiente, Ricardo Sales, e da Defesa, general do Exército, Fernando Azevedo e Silva. A reunião vai discutir medidas de combate a queimadas e propostas para o desenvolvimento sustentável da Amazônia. Os governadores do Acre, Mato Grosso, Roraima e Rondônia foram convidados para o encontro.

Integram a comitiva do Governo Federal, também, o secretário geral da Presidência, Jorge Antônio de Oliveira, o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Fortunato Bim, o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Augusto Xavier da Silva, e o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), general do Exército, João Carlos de Jesus Correia.

O encontro é um desdobramento da reunião da última terça-feira (27), em Brasília (DF), do presidente Jair Bolsonaro com governadores dos estados da Amazônia. Por determinação do presidente, a equipe do Governo Federal virá com a missão de detalhar propostas apresentadas durante a reunião no Palácio do Planalto.

“Vamos tratar de questões pontuais, como o combate das queimadas e desmatamento ilegal, e esperamos avançar em algumas propostas como a regularização fundiária, o zoneamento ecológico-econômico e a criação de um grupo de fiscalização e de monitoramento permanente, para atuar o ano todo nessa questão das queimadas e do desmatamento ilegais”, disse Wilson Lima hoje, em entrevista à rádio Nacional em Tabatinga (a 1.107 quilômetros de Manaus), onde instalou gabinete provisório desde quarta-feira passada.

A transferência do gabinete para Tabatinga faz parte da segunda edição do programa “Amazonas Presente”, que está atendendo municípios do Alto Solimões com várias ações de Governo, e cuja programação se encerra hoje. Na entrevista à rádio Nacional, o governador também destacou que será discutida, na reunião em Manaus, propostas que possam ampliar o uso da tecnologia e a aplicação de mais recursos financeiros para promover o desenvolvimento sustentável da Amazônia.

“O cidadão que está na floresta tem de ser respeitado. Não tem como preservar a floresta com pobreza. E como é que se respeita o cidadão que está aqui? Levando a infraestrutura mínima, como ramais e vicinais recuperados, energia elétrica, educação, saúde. Ou seja levando as condições necessárias para que o pequeno produtor, para que aqueles que moram na floresta tenham uma vida digna e possam continuar conservando os nossos recursos ambientais”, frisou Wilson Lima.

Com informações da assessoria.



Categorias:Amazônia

Tags:, , , , , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: