Se desentendendo com Hissa, Amazonino anuncia saída do PDT

Os dois vinham se estranhando desde a eleição suplementar para o governo do Amazonas em 2017.


Da redação


Manaus – O ex-governador Amazonino Mendes anunciou, ontem (16), em uma publicação no facebook que está de saída do PDT. Com isso ele fica livre para se filiar a outro partido e disputar a eleição municipal em 2020.

Na nota publicada Amazonino agradeceu a militância do PDT e a direção nacional da sigla, mas atribuiu a saída a “visível difícil” convivência com a presidência do partido no Estado, comandado pelo ex-deputado federal Hissa Abraão.

Os dois vinham se estranhando desde a eleição suplementar para o governo do Amazonas em 2017.

Leia a nota completa:

Olá meus amigos e minhas amigas,
Hoje venho aqui, de público, agradecer o apoio e carinho que recebi nos últimos anos dos meus companheiros do PDT do Amazonas, em especial da militância aguerrida e propositiva do partido, bem como daqueles que me ajudaram a arrumar a casa em nosso curto e produtivo período à frente do Governo do Amazonas, quando regularizamos as contas deficitárias, retomamos o crescimento com obras em todos os municípios, criamos novos empregos, melhoramos a saúde e a segurança e, também, retomamos a atenção às escolas públicas e a UEA, além de garantir as três datas-bases atrasadas e promoções para todas as categorias, bem como deixar o caixa superavitário para o governo que assumiu este ano.

Devido à visível difícil convivência com a presidência do partido no Estado, informo que estou me desfiliando do PDT, partido que sempre honrei e continuo respeitando, onde tenho grandes amigos. Fica, também, o meu respeito à direção nacional pela manutenção da histórica luta em prol da educação como forma de se garantir o crescimento social das classes menos favorecidas.

Este pedido de desfiliação está sendo encaminhado, hoje, para a direção estadual do partido.
Agradeço a atenção e me despeço com um saudoso e afetuoso abraço a todos.

Amazonino

Deixe uma resposta