Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Alejandro é o único investigado no homicídio de Flávio que está em casa

Os demais investigados no caso do assassinato do engenheiro Flávio estão na cadeia.


Da redação


Manaus – A desembargadora Joana dos Santos Meirelles concedeu, ontem (5), habeas corpus ao enteado do prefeito Arthur Neto, Alejandro Valeiko, que é um dos investigados pelo assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues, ocorrido no domingo (30), em Manaus.

Valeiko é o único investigado a cumprir prisão domiciliar enquanto os outros cinco investigados cumprem prisão temporária no Sistema Prisional do Amazonas.

Até o início da tarde de sábado (5), Alejandro era considerado foragido da justiça e já estava em Brasília.

O pedido de habeas corpus foi feito pelos advogados de defesa, o presidente da OAB-AM, Marco Aurélio Choy e Yuri Dantas, dois dos principais advogados do Amazonas, e que sem são constantemente requisitado por políticos conhecidos no Estado.

A concessão do habeas corpus gerou revolta em muitos internautas que faziam críticas sobre o tratamento diferenciado que Valeiko estaria recebendo no caso.

Em resposta o gabinete da desembargadora Joana dos Santos divulgou uma nota neste domingo (6), justificando a decisão.

Leia a Nota:

O Gabinete da Desembargadora Joana dos Santos Meirelles informa que durante o plantão de segundo grau (29/09 a 05/10) recebeu ordem de habeas corpus impetrada por Yuri Dantas Barroso e Marco Aurélio de Lima Choy a favor de Alejandro Molina Valeiko, processo que tramita sob sigilo de justiça.

Informa que todos os feitos regularmente distribuídos no plantão devem ser devidamente analisados e aqueles cuja atuação desaconselha o aguardo do expediente normal forense são devidamente decididos, nos termos da Resolução TJAM n. 05/2016.

Veja a decisão:



Categorias:Polícia

Tags:, , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: