Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Candidatos protestam pedindo anulação da eleição do Conselho Tutelar

A eleição foi realizada no último domingo e candidatos reclamam que votos “sumiram”.


Por Asafe Augusto | redacaoam.com


Manaus – Um grupo de candidatos ao Conselho Tutelar das zonas de Manaus protestaram, na manhã desta terça-feira (8), em frente ao Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Manaus (CMDCA), no CSU do Parque Dez, pedindo a anulação da eleição realizada no último domingo (6). Eles afirmam que identificaram diversas irregularidades no pleito, principalmente na contagem dos votos.

A candidata Suzi Pereira afirma que até o fechamento da contagem dos votos ela estava em terceiro lugar na zona centro-oeste com 756 votos, mas no dia seguinte o nome dela constava no sistema em sétimo lugar com 568 votos.

“Como que eles reduzem votos dessa forma? Isso é muito estranho na contagem de votos. Houve um boom de 25 minutos depois de meia noite e sumiram bastante votos meus e de outros candidatos. 100% dos votos já tinham sido apurados quando aconteceu a mudança”, afirmou Suzi.

O candidato a reeleição ao Conselho Tutelar João Furtado também reclamou e pediu para o Ministério Público intervir no Caso.

“Disseram que houve uma pane e com isso só os candidatos apoiados do prefeito Arthur Neto foram beneficiados. É uma irregularidade muito grande. tinha candidato em segundo lugar com mais de mil votos, e depois esses votos caíram para 500. Para onde foram esses votos?”, questionou Furtado.

Em nota enviada às 19h27 de terça-feira, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente informou que construiu um processo com lisura e transparência.

Leia a nota completa:

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) informa que o pleito realizado no último domingo, 6/10, para a escolha dos novos conselheiros tutelares da cidade foi desde o seu início preparado e acompanhado por membros do Ministério Público do Estado do Amazonas e Tribunal Regional Eleitoral (TRE), visando justamente a construção de um processo com lisura e transparência. Esta foi, inclusive, a primeira vez que a eleição para conselheiro tutelar foi realizada com o uso de urnas eletrônicas, nos moldes das eleições partidárias tradicionais agregadas a um sistema de apuração e acompanhamento da mesma, elaborado especificamente para estas eleições pela equipe de Tecnologia da Informação da Prefeitura de Manaus.

É válido ressaltar que o processo eleitoral realizado no último domingo teve como objetivo eleger os representantes de nove zonas da cidade, tratando-se então de ‘nove eleições’, não estando a eleição das nove zonas prejudicadas. E que os dados inseridos no sistema foram transcritos inicialmente de forma manual dos boletins de urna de cada escola, sob a supervisão de auditores dos órgãos de controle. E que, devido ao grande número de acessos durante a apuração, provocando sobrecarga no servidor no momento de aplicação de votos, o sistema parou e gerou a duplicidade em alguns votos. Constatada a falha, a equipe de Tecnologia que atuava nas eleições imediatamente parou o processo de inserção de votos para validação do que já havia sido inserido no sistema, o que levou à redução do número de votos de alguns candidatos. Além disso, em virtude da falha identificada na noite de domingo, a equipe de Tecnologia da Informação designada para o pleito optou por reconferir os votos do sistema, desta vez com o uso de QR Code, dando maior lisura ao processo. Com a finalização da conferência dos votos, ainda em curso ao longo da tarde e início da noite desta terça-feira pela equipe de TI, uma errata será publicada no Diário Oficial do Município (DOM) do dia posterior, com a relação exata e final dos eleitos.

Com a publicação do resultado do pleito, o CMDCA reforça que o candidato que se achar prejudicado com o resultado das eleições terá um prazo de dois dias úteis a contar da data de publicação no DOM, para entrar com recurso. Tão logo termine a nova conferência dos votos, a equipe de TI, hoje designada para este fim, se concentrará na publicação dos Boletins de Urna, que estarão disponíveis no link:

https://apuracaoconselho.manaus.am.gov.br/transparência/apuracao/



Categorias:Cidades

Tags:, , , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: