Mário de Mello e Júlio Cabral são eleitos presidente e vice do TCE

Eles vão comandar a Corte de Contas até 2021.


Por Asafe Augusto


Manaus – Seguindo a tradição de conduzir o vice à presidência, os membros do Tribunal de Contas do Estado (TCE), elegeram o conselheiro Mário de Mello para ficar à frente da Corte de Contas no biênio 2020-2021.

A escolha foi feita nesta terça-feira (15), no plenário da Corte. Mário de Mello assume a vaga deixada por Yara Lins.

“Espero que consiga seguir a linha dos presidentes anteriores pela brilhante administração que fizeram. Que reintegrar o compromisso de quando entrei nesta Casa. Quero somar e contribuir. Quero fazer uma administração digna como este Poder. Sei que errarei muito, mas com vontade de acertar”, disse Mário de Mello.

Na sessão também foram eleitos, os conselheiros Júlio Cabral como vice-presidente, Júlio Pinheiro como corregedor e Érico Desterro como ouvidor e Yara Lins como coordenador-geral da Escola de Contas Públicas.

A posse dos conselheiros eleitos está prevista para o dia 16 de dezembro, no Teatro Amazonas.



Categorias:Política

Tags:, , , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: