Diário Oficial do Amazonas deixa papel de lado e se torna digital

Lançamento da nova versão será no dia 19 de novembro e a economia esperada é de R$ 1 milhão ao ano.


Da redação | Com informações da assessoria


Manaus – A partir do dia 19 de novembro, o Diário Oficial do Estado do Amazonas será totalmente eletrônico, para tentar gerar mais economia, agilidade, transparência e facilitar os fluxos entre os órgãos da administração direta e indireta do Governo do Estado e a Imprensa Oficial do Amazonas (IOA). O lançamento do Diário Oficial Eletrônico (DOE) será às 10h, na sede do Governo, na avenida Brasil, bairro Compensa II.

A publicação da versão totalmente eletrônica do Diário Oficial segue uma tendência do mercado global, aliando os conceitos de modernidade e sustentabilidade. A nova versão também está alinhada com a nova realidade de consumo de informações, que permite um acesso com mais agilidade e dinamismo a tudo que é publicado no Diário Oficial do Amazonas.

A economia gerada vai muito além do que será poupado com papel e tinta. A transformação de todo o processo vai economizar também tempo e combustível, além de eliminar várias etapas do atual processo, que pode durar de cinco a sete dias, desde a assinatura de um ato até a sua publicação no Diário Oficial, e que vai passar a ser publicada no mesmo dia.

Para o diretor-presidente da Imprensa Oficial do Amazonas, Mário Aufiero, a economia, agilidade e otimização do tempo são as principais vantagens que o Diário Oficial Eletrônico traz. ”Esse novo sistema vai gerar economia para o Estado, de cerca de R$ 1 milhão ao ano, nos gastos com materiais e logística, como papel, tinta, gasolina e motoristas, entre outros. Além da otimização do tempo com eficiência nos trabalhos administrativos fundamentais para o Governo do Estado e sociedade”, opina.

Novos serviços

Três serviços também passam a ser oferecidos com o novo sistema: clipping de matérias, repositório oficial de toda a legislação do Estado e certificação digital. O serviço de clipagem de matérias vai ficar muito mais fácil com o “Clipppam”, que pode selecionar conteúdo publicado no DOE de acordo com a delimitação que o cliente quiser: por assunto, por secretária, enfim, a busca se torna bem mais fácil, com o recebimento da clipagem por meio de e-mail e aplicativo de mensagens.

Com o “Legislam”, a pesquisa sobre a legislação atualizada também fica ao alcance de todos, com facilidade de busca no lugar onde todas as leis são publicadas.

A certificação digital também será um novo serviço oferecido pela IOA, com o advento do DOE, com o “Certificam”.

Processo eletrônico

O processo, que atualmente envolve documentos físicos e seu transporte da sede dos órgãos até a IOA, vai ser totalmente transferido para um sistema inteiramente eletrônico, o IOANEWS, sistema de automação especializado em soluções para Imprensas Oficiais e implantação de Diários Oficiais Eletrônicos.

As assinaturas dos documentos e atos do Governo passam a ser eletrônicas também, por meio de certificação digital. A utilização de um token garante a confiabilidade do processo. Atualmente, um ato de secretaria pode precisar de até quatro assinaturas, que são colhidas em locais diferentes, demandando tempo e logística até que o documento esteja devidamente pronto para ser publicado.

Com a implantação do novo sistema, cada agente público de posse de seu certificado digital e seu token, pode assinar digitalmente o documento sem a necessidade do transporte de uma cópia física.

Uma outra vantagem do novo DOE diz respeito à diagramação. Atualmente, muitos documentos têm de ser devolvidos à origem por chegarem à IOA fora dos padrões de publicação do Diário Oficial. Com o novo sistema, o processo é padronizado e o formato de envio passa a ser o mesmo para todos. Ao final do processo, o próprio sistema apresenta uma diagramação do DOE, também conferindo mais agilidade a essa etapa.

A transparência durante todo o processo também merece destaque, já que cada órgão vai poder acompanhar todas as etapas no sistema. Ou seja, quem demanda o serviço pode seguir o passo a passo até a devida publicação.

O interior do estado também será beneficiado com o novo DOE. Se a logística para fazer um documento circular dentro da capital até chegar à IOA já demanda tempo e gastos, imagine-se isso multiplicado pelas dimensões continentais do Amazonas. Agora, cada prefeitura também poderá submeter suas publicações à IOA sem ter que fazer documentos viajarem por centenas de milhares de quilômetros.

Preparativos

Como parte do processo de implantação do DOE, começaram a ser realizadas as reuniões com as secretarias para informar sobre a nova metodologia de fluxos entre os órgãos do Governo e a IOA. Já foram realizadas reuniões com vários órgãos governamentais: Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Secretaria de Estado de Educação e Desporto, Secretaria de Estado Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead), Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Fundo Previdenciário do Estado do Amazonas (Amazonprev), Processamento de Dados do Amazonas S/A (Prodam), Casa Civil do Governo do Estado, entre outros.



Categorias:Cidades

Tags:, , , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: