Outro caminhoneiro se acorrenta em frente à ALE pedindo redução do ICMS nos combustíveis

O protesto pedindo a redução do ICMS começou na quarta-feira e deve seguir até sexta-feira (14).


Por Asafe Augusto


Manaus – No segundo dia de protesto pedindo a redução do ICMS sobre o preço dos combustíveis para zero, outro caminhoneiro se acorrentou em frente à Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM).

Os dois acorrentados e o grupo que os acompanha prometem permanecer em protesto até amanhã (14), às 12h.

O líder do Movimento dos Caminhoneiros, Josué Rodrigues, afirmou que o governador Wilson Lima (PSC) tem até esta sexta-feira para zerar o ICMS. Caso isso não aconteça ele promete paralisar um as estradas de Manaus.

“Eu não quero dar prejuízo para o Estado, por isso a responsabilidade é dele (Wilson Lima). Ele tem esse prazo pra baixar o ICMS”, afirmou Josué.

O tema ganhou relevância depois que o presidente Jair Bolsonaro desafiou governadores a zerarem o tributo.

Leia mais:

Líder dos caminhoneiros se acorrenta em frente à ALE pedindo redução do ICMS sobre o preço dos combustíveis

Especialistas afirmam que se o Estado zerar o ICMS sobre os combustíveis, o Amazonas pode perder R$ 2 bilhões por ano, em arrecadação.



Categorias:Cidades

Tags:, , , , , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: