Deputado ameaça deixar ‘CPI da Pandemia’ após ter requerimento negado

O parlamentar governista queria solicitar da Susam o atestado médico de uma testemunha.


Por Asafe Augusto


O deputado governista Dr. Gomes (PSC) ameaçou retirar sua participação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, durante a reunião desta sexta-feira (26), ao ter um requerimento negado em votação.

O parlamentar queria solicitar da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), o atestado médico da testemunha Caio Henrique Faustino, que prestou depoimento à CPI, no dia 16 de junho. Na ocasião Caio afirmou que teve problemas psiquiátricos e por isso estava de licença médica de 60 dias. Os demais membros reprovaram o requerimento afirmando que o atestado médico é algo “personalíssimo” e não acrescentava em nada na investigação sobre a compra dos respiradores pulmonares em uma loja de vinhos com sobrepreço.

“Eu acredito na veracidade que o senhor Caio estava doente, com uma doença psiquiátrica que o impedia legalmente de dar esse depoimento. Por isso que eu quero dar a minha contribuição para o estado de saúde do senhor Caio”, disse o deputado Gomes.

Já o deputado Wilker Barreto afirmou que o parlamentar governista queria invalidar as informações dadas por Caio Henrique que, segundo Wilker, deu um dos depoimentos mais reveladores da CPI.

Anúncios


Categorias:Política

Tags:, ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: