Base do Governo esvazia plenário e votação sobre prorrogação da CPI é adiada

Se for aprovada, a investigação na saúde vai se estender por mais 60 dias.


Da redação


Por falta de quórum, votação que iria decidir sobre a prorrogação por mais 60 dias da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, foi adiada, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Só havia cinco deputados na sessão presencial e cinco de forma virtual. São necessários 13 parlamentares para ocorrer votação, mas o plenário foi esvaziado, nesta quarta-feira (23).

Para o parlamentar, a ausência de alguns deputados no Plenário configura uma suposta manobra da base do Governo para a não extensão do prazo da CPI, que investiga irregularidades em contratos na saúde pública.

“Hoje ficou clara a estratégia, os deputados da base do governo irão esvaziar o plenário para não ter votação. Eu sei que a CPI da Saúde não interessa ao Governo, mas quem manda na Assembleia é o povo. Se esta Casa virar a semana sem a apreciação da matéria, ficará claro que o governo age para boicotar a CPI. Isso vai soar muito mal para a opinião pública”, ponderou Barreto, que ainda solicitou uma suspensão da Sessão Ordinária por 10 minutos para convocação dos parlamentares, mas não teve sucesso.



Categorias:Política

Tags:, ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: