Desbravadores recebem homenagens em Sessão Solene na CMM

A Câmara Municipal de Manaus homenageou, nesta sexta-feira (17/9), em sessão solene requerida pelo vereador Jaildo Oliveira (PCdoB), o Dia Mundial dos Desbravadores, um grupo de jovens da Igreja Adventista do Sétimo Dia. A data é comemorada anualmente no terceiro sábado de setembro.

Durante a sessão, 300 medalhas e certificados de reconhecimento foram entregues aos líderes dos clubes espalhados em Manaus, pelo vereador Jaildo que participa ativamente do grupo. Emocionado em seu discurso, o parlamentar lembrou do diretor do clube que ele atuava, Frank Arnoldo, vítima da covid-19.

“Passamos por um momento difícil nessa pandemia onde perdemos grandes amigos, pessoas que amamos e acho que cada um aqui conhece alguém que não conseguiu resistir nessa pandemia, e tinham pessoas que trabalhavam e gostavam de estar com os desbravadores que se foram como o Frank Arnoldo, que foi meu diretor de clube e era uma pessoa muito dedicada e não media esforços para fazer o bem”.

Jaildo Oliveira também incentivou os desbravadores, presentes na sessão a continuar firmes na missão, que segundo ele, é capaz de mudar vidas. “Que vocês continuem firmes, nessa missão, e estes certificados e medalhas são singelos, mas é apenas um símbolo e um incentivo para que vocês permaneçam focados e centrados no que foram chamados para fazer”, destacou.

O parlamentar também concedeu placas de reconhecimento a três líderes dos Desbravadores que atuam em Manaus. O secretário executivo da Associação Central Amazonas, pastor Eli Pacheco, o líder departamental dos Desbravadores da Associação Amazonas Roraima, Pastor Alan Ferraz e o líder departamental de Desbravadores da União Noroeste Brasileira, Anderson Carneiro, que agradeceram a homenagem concedida.

“Nós formamos cidadão íntegros e honestos para esse mundo e para o reino de Deus e agradeço ao vereador Jaildo Oliveira por essa homenagem feita a cada um destes desbravadores, isso é um reconhecimento por tudo o que é feito ao redor do mundo e em Manaus, onde somos reconhecidos mundialmente pela quantidade de membros”, ressaltou Anderson Carneiro destacando os 11.300 membros em 342 clubes espalhados na capital amazonense.

Para Alan Ferraz, é importante compreender a história que é preciso ser deixada por quem faz parte. “Entendemos que o clube dos Desbravadores faz a diferença onde estiver e temos que deixar um legado, um legado que muitos construíram, um legado que outros ainda vão construir e mantermos o nosso compromisso com a eternidade”, salientou ao também lembrar de Frank Arnoldo.

Durante a sessão vídeos dos desbravadores foram exibidos no telão do plenário Adriano Jorge e apresentações musicais comporão o momento. Uma exposição com instrumentos utilizados pelo clube também foi realizada na porta de entrada da CMM.

Desbravadores no Brasil

Ainda de acordo com Alencar, há mais de 1,5 milhão de desbravadores no mundo, em 37 mil clubes espalhados por mais de 160 países. No Brasil, são mais de 7 mil clubes, com mais de 250 mil membros.

Deixe uma resposta