Mãe mata as três filhas após quarentena em hotel

Lauren Dickason, mãe de duas meninas gêmeas de 2 anos, e de outra de seis anos, matou as três filhas.

A família de dois médicos e três filhas acabara de chegar ao país, vindos da África do Sul e esperava começar uma nova fase da sua vida na Nova Zelândia.

A médica de 40 anos teria assassinado as três crianças na casa onde viviam, desde o final de agosto. As crianças foram mortas dias depois de a família ter concluído o período de quarentena num hotel, à chegada ao país.

Os corpos das vítimas foram encontrados pelo pai das crianças. Vizinhos que testemunharam o momento trágico reportam ter ouvido o pai questionar-se aquele cenário “seria real”.

A mãe das crianças foi transportada para o hospital, onde estará em estado de saúde considerado estável.

Ela é acusada de homicídio e deverá ser hoje presente ao tribunal de Timaru.

Deixe uma resposta