Auxílio Estadual do Governo do Amazonas para 300 mil famílias é aprovado na Aleam

O projeto de lei do Governo do Amazonas que institui o Auxílio Estadual permanente foi aprovado na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), nesta quarta-feira (27/10).

Criado pelo governador Wilson Lima, o benefício de R$ 150 por mês vai alcançar 300 mil famílias de forma permanente, independentemente de até quando possa se estender a pandemia do novo coronavírus.

Para os deputados estaduais, a iniciativa do governador é essencial para garantir, principalmente, a segurança alimentar de milhares de famílias, que perderam até mesmo a capacidade de se sustentar durante a pandemia. Por essa razão, o Auxílio Estadual permanente é considerado como o maior programa de distribuição de renda da história do Amazonas.

“Fica instituído o Auxílio Estadual, com a finalidade de garantir segurança alimentar e proteção social à população carente, por meio de complementação de renda, cuja situação de vulnerabilidade social tenha sido agravada pela pandemia da Covid-19”, define o artigo 1º da lei, que agora segue para a sanção do governador Wilson Lima.

“A iniciativa é importante para garantir o direito das famílias de se alimentarem, e é uma injeção na economia do estado. Esse é o maior programa de distribuição de renda da história do Amazonas. Serão R$ 540 milhões na economia do estado”, destaca o deputado Saullo Vianna.

O líder do Governo na Aleam, deputado Felipe Souza, afirma que o auxílio tem um alcance social gigantesco. “Beneficiará famílias que passam necessidade”, afirmou. Segundo ele, esse é um programa que está sendo possível após planejamento e esforço do Estado em equilibrar as contas, mesmo diante da retração econômica provocada pela pandemia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.