Ciro Gomes suspende pré-candidatura após apoio do PDT à PEC dos Precatórios

O Pedetista Ciro Gomes espera que bancada do partido reavalie apoio à PEC dos Precatórios, que contou com 15 votos de deputados da legenda.

Ciro decidiu suspender sua pré-candidatura até que a bancada do PDT na Câmara reavalie seu apoio à PEC dos Precatórios.

“Há momentos em que a vida nos traz surpresas fortemente negativas e nos coloca graves desafios. É o que sinto, neste momento, ao deparar-me com a decisão de parte substantiva da bancada do PDT de apoiar a famigerada PEC dos Precatórios. A mim só me resta um caminho: deixar a minha pré-candidatura em suspenso até que a bancada do meu partido reavalie sua posição.“

O pedetista espera que os deputados reconsiderem seus votos no segundo turno da apreciação da matéria, que deve ocorrer ainda hoje ou na próxima terça-feira.

“Temos um instrumento definitivo nas mãos, que é a votação em segundo turno, para reverter a decisão e voltarmos ao rumo certo.”

Em entrevista ao jornal Valor Econômico publicada em maio deste ano, Ciro Gomes (PDT) disse que o teto de gastos é uma “loucura feita em cima da pernas por uma elite que não entende nada.”

“O ‘barata voa’ já está acontecendo. Bolsonaro acabou de fazer uma portaria arrebentando o teto de gastos, não só do governo federal, mas dos Estados. O orçamento de guerra é uma ficção contábil. A emenda da austeridade é outra ficção contábil.E teto de gastos foi para o beleléu no primeiro ano porque nunca foi praticável. Qual a literatura que sustenta, qual precedente que sustenta? Teto de gastos é aberração. Pode estabelecer com lei complementar, uma resolução do Senado que limite a dívida. Onde é que já se viu criar teto para 20 anos? As despesas obrigatórias estão crescendo 9% acima da inflação no governo Bolsonaro. O teto de gastos vai para onde? Para deprimir a taxa de investimento a zero. Isso tem um ‘trade off’ que acaba com a economia do país. Para manter a infraestrutura precisa gastar 2,5% do PIB, mas gastamos 0,75% com tudo. Tem que reconstitucionalizar o país e acabar com essa loucura, feita em cima da pernas por uma elite que não entende nada”, afirmou Ciro ao Valor.

Deixe uma resposta