Garimpeiros avançam no interior do AM e Autazes pede ajuda federal

Após a chegada de inúmeras dragas de garimpeiros no Rio Madeira, próximo a Comunidade Rosarinho, entre os municípios de Autazes e Nova Olinda do Norte, o prefeito de Autazes, Anderson Cavalcante (PSC), acionou o Governo do Amazonas, através do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) para impedir a invasão e demais males na região. A ajuda federal também foi solicitada.

“Não podemos permitir que essa atividade que é ilegal coloque em risco a vida dos moradores do Rosarinho e, consequentemente, de toda a região. Os ribeirinhos e comunitários solicitaram que a prefeitura os ajudassem a preservar o rio, os peixes e o seu trabalho.”, destacou o prefeito.

Anderson acredita que somente uma ação conjunta poderá trazer a tranquilidade e paz para o povo que está assustado com as balsas, barcos e todos os equipamentos para a exploração de minério.

O prefeito ressaltou ainda que já solicitou apoio do também da Marinha, Polícia Federal e também do Ministério do Meio Ambiente. Outra medida da prefeitura foi formar uma barreira sanitária na estrada Autazes/Rosarinho para resguardar a população, principalmente de contágio do Coronavírus.

Foto: Silas Laurentino

Deixe uma resposta