Morre único sobrevivente do holocausto nascido no Brasil

Morreu hoje (7), em São Paulo, aos 94 anos, Andor Stern, o único sobrevivente do Holocausto nascido no Brasil. De acordo com a Confederação Israelita do Brasil (Conib), Stern, nascido na capital paulista, mudou-se para a Hungria ainda criança junto com seus pais. Foi levado para Auschwitz, separado de sua família e não voltou a revê-la.

“A Conib lamenta sentidamente a morte nesta quinta-feira do sobrevivente do Holocausto Andor Stern, que deu grande contribuição à sociedade dedicando parte de sua vida a relatar os horrores do Holocausto”, destacou a entidade, em nota.

De volta ao Brasil, Andor se dedicou a contar o que viu e sofreu no campo de extermínio construído pelos nazistas na Polônia. Os depoimentos de Stern foram registrados no filme Não Mais Silêncio, de Marcio Pitliuk e Luiz Rampazzo.

O Holocausto foi o massacre de judeus e de outras minorias ocorrido nos campos de concentração alemães durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

A família não divulgou a causa da morte de Stern, que deixou cinco filhos. O enterro ocorreu às 15 h no Cemitério Israelita do Embu, na capital paulista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.