Will Smith é expulso do Oscar por dez anos e sofre outras punições

Após a última edição do Oscar ser protagonizada pelo tapa de Will Smith em Chris Rock, em 27 de março, o vencedor da última edição como ‘Melhor ator’ está proibido pela Academia de Cinema dos EUA de comparecer às entregas do Oscar por 10 anos.

Essa não foi a única consequência para o astro de King Richard, a Netflix interrompeu a produção do longa Fast and loose e de Bad boys 4, o novo filme da franquia produzido pela Sony que tinha o ator no elenco.

A Apple TV+ cogita adiar e até cancelar o seu lançamento do filme Emancipation, sobre a escravidão nos Estados Unidos que tem Will como ator principal.

Nesta segunda-feira (4/4), o jornal britânico The Sun informou que Will resolveu se internar numa clínica para se recuperar do estresse ante a rejeição que vem recebendo do público, de colegas e de estúdios.

Deixe uma resposta