MPC pede que prefeitura do Rio Preto suspenda pagamento de R$ 650 mil a Wesley Safadão 

O MPC (Ministério Público de Contas) entrou com representação no Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), pedindo a suspensão do pagamento de R$ 650 mil ao cantor Wesley Safadão, contratado pela Prefeitura de Rio Preto da Eva (a 80 quilômetros de Manaus).

O cantor participou do megaevento que celebrou o 40º Aniversário do Município, a 5ª Feira da Piscicultura e a 1ª Feira do Artesanato Indígena, realizados entre os dias 31 de março até o dia 3 de abril.

Segundo a procuradora de Contas Elissandra Monteiro Freire Alvares, o MPC solicitou à Prefeitura, que é comandada pelo prefeito Anderson Sousa (MDB), documentos ligados ao contrato do show de “Safadão”, porém o prefeito omitiu as respostas ao órgão.

Fonte: BNC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.