Ministra de Bolsonaro visita PC-AM para entender situação da violência contra as mulheres no Estado

Nesta quarta-feira (13/04), por volta das 10h30, Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) recebeu, na Delegacia Geral, na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus, a visita institucional da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Cristiane Britto, que teve o intuito de entender a situação da violência contra as mulheres, crianças e adolescente no Amazonas.

A ministra foi recebida pelo delegado-geral da instituição, Ricardo Leite; e pelo delegado-geral adjunto, Bruno Fraga. Na comitiva, estiveram presentes o secretário nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maurício Cunha; a diretora do Departamento de Políticas de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, Grace Justa; e a diretora de Enfrentamento de Violações aos Direitos da Criança e do Adolescente, Maria Leolina Couto Cunha.

O delegado-geral adjunto Bruno Fraga, apresentou à ministra e sua equipe as dependências da Delegacia Geral e destacou a importância da visita para a instituição.

“Hoje tivemos a honra de receber a ministra Cristiane Britto, e apresentar nossas demandas e mostrar o trabalho de excelência que a PC-AM realiza no combate à violência contra as mulheres, crianças e adolescente em Manaus e no interior do Amazonas”, enfatizou o delegado-geral adjunto.

Fraga destacou os projetos que já vinham sendo realizados pela Polícia Civil do Amazonas e, também, frisou que a proximidade com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos é positivo para os futuros trabalhos que serão desenvolvidos em conjunto.

Na ocasião, a ministra ressaltou que o encontro foi para entender a situação da violência contra os vulneráveis no estado do Amazonas, em especial as crianças e as mulheres. “Estamos buscando compreender o mapa da violência no Estado e, assim, trazer projetos e ações efetivas para combater todo tipo de violência”, salientou Cristiane Britto.

Ela enfatizou que, em até dois meses, haverá um retorno da equipe ao Amazonas, trazendo ações e projetos para o combate eficiente no enfrentamento à violência contra esse público. Os trabalhos serão iniciados na capital e, posteriormente, irão abranger os municípios do interior do Estado.

Pacto Nacional

O governador do Amazonas, Wilson Lima, e a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto, assinaram, nesta quarta-feira (13/04), o Pacto Nacional para Redução da Letalidade Infanto-juvenil no Amazonas. O objetivo é promover a prevenção e o enfrentamento da violência letal contra crianças, adolescentes e jovens.

Ao lado da ministra, Wilson Lima também participou do encerramento da capacitação do programa Criança Protegida, no Centro de Convenções Vasco Vasques 2, bairro Flores, zona centro-sul de Manaus.

“A gente tem trabalhado e alinhado as nossas políticas públicas do estado do Amazonas com o Governo Federal e também com as prefeituras do interior. Tenho integrado todas as secretarias para que a gente possa avançar nessas políticas de proteção à criança e ao adolescente. A vinda da ministra hoje é mais uma prova desse olhar diferenciado do Governo Federal para o estado do Amazonas”, ressaltou Wilson Lima.

O pacto consiste em uma união de esforços e articulações entre o Governo Federal, os estados, o Distrito Federal e os demais atores do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescentes (SGD).

Deixe uma resposta