Wilson Lima amplia serviço de UTI no interior com a entrega de leitos no hospital de Tefé

O governador do Amazonas, Wilson Lima, entregou, nesta terça-feira (28/06), 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do município de Tefé (a 523 quilômetros de Manaus). A instalação de leitos no interior é um fato histórico para a assistência em saúde pública no Amazonas. Projeto iniciado pelo governador descentraliza, pela primeira vez, serviços de alta complexidade para os municípios. Antes da atual gestão do Governo do Amazonas esse atendimento era restrito à capital.

Localizado no Médio Solimões, Tefé é o segundo município do interior a ter uma ala de UTI. A ala entrou em funcionamento na semana passada para atender um paciente que necessitava de suporte de alta complexidade.

“Na semana passada alguém da minha assessoria me ligou dizendo: governador, o senhor está indo na terça-feira inaugurar a UTI no município de Tefé, mas tem uma pessoa que está precisando de atendimento lá. Eu disse: abra imediatamente, as UTIs são para salvar vidas”, relatou o governador, ao fazer a inauguração.

Os leitos inaugurados, nesta terça-feira, foram instalados no Hospital Regional de Tefé Carlos Braga. O primeiro município do interior a contar com UTIs foi Parintins, que teve a implantação de 11 leitos, em outubro de 2021.

“O senhor mudou a história de Tefé, a história do médio Solimões, porque mais municípios serão beneficiados com esse carinho, esse olhar diferenciado que o senhor está tendo”, disse o prefeito do município, Nicson Marreira Lima.

“Muita gente não tinha onde ficar, tinha que sair daqui de Tefé para viajar para Manaus, então, a gente recebe esses leitos com muito carinho. A gente agradece ao governador que está fazendo muito pela nossa cidade”, disse a dona de casa Ketelen Santos, de 21 anos, moradora do bairro Santo Antônio.

A implantação da estrutura de média e alta complexidades é uma das ações do programa Saúde Amazonas executado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), por meio do projeto Saúde nas Calhas, e é uma das estratégias do Governo do Amazonas para a regionalização da saúde.

Para o funcionamento da UTI, o Governo do Amazonas irá custear o fornecimento de profissionais especializados, equipamentos, materiais, medicamentos, insumos, nutrição da UTI, serviços de nefrologia de diálise, além da adequação física necessária para instalação dos 10 leitos de UTI.

“É um momento realmente histórico, porque nós nunca tivemos a oportunidade de ter uma UTI na cidade, então, isso foi um ganho também para todos os municípios que ficam aqui em volta no médio Solimões. É satisfatório, é um momento único, não tenho palavras para descrever a felicidade que a gente tem em estar recebendo essa UTI aqui em Tefé”, comemora a psicóloga do hospital de Tefé, Adnnay Bastos.

Saúde nas Calhas

O projeto Saúde nas Calhas tem o objetivo de descentralizar os serviços assistenciais à população do interior do estado, com a implantação de estrutura de média e alta complexidade nos hospitais de oito municípios polos de saúde regional.

Além de Parintins e Tefé, outros municípios polos, como Itacoatiara, Manacapuru, Tabatinga, Humaitá, Lábrea e Eirunepé, também devem receber leitos de UTI, que servirão de apoio para os demais municípios de cada região.

“A importância das UTIs no interior não tem como narrar. O governador determinou a instalação em municípios polo. Inauguramos em Parintins e aqui inauguramos essa belíssima UTI, foi mais rápido do que pensávamos porque contamos com a dinâmica do prefeito”, disse o secretário de Estado da Saúde, Anoar Samad.

O Hospital Regional de Tefé Carlos Braga é uma unidade hospitalar geral de médio porte, com perfil de média complexidade e oferece atendimento nas especialidades médicas de pediatria, clínica médica, cirurgia geral, obstetrícia e ginecologia. A unidade conta com 93 leitos, entre UTIs, leitos cirúrgicos, clínicos, pediátricos e leitos de observação, que atendem os casos de urgência e emergência adulto e infantil em regime de 24 horas. O município, em parceria com a SES-AM, iniciou as tratativas para a implantação de mais 20 leitos na unidade.

Deixe uma resposta