SUPERA oferece teste gratuito de habilidades para todas as idades

O segundo semestre do ano começa com uma oportunidade única para crianças, jovens, adultos e idosos. A partir deste mês, o SUPERA vai oferecer em todas as suas unidades um teste gratuito para a medição das chamadas “habilidades do futuro”, as soft skills.

Os testes de habilidades foram desenvolvidos de forma exclusiva pela neurocientista da marca, Livia Ciacci, e serão aplicados mediante agendamento nas unidades do SUPERA.

Método exclusivo de avaliação SUPERA

Teste de SOFT SKILLS para adultos – Em 2022, a premissa de que “pessoas são contratadas pelo currículo, mas são demitidas ou promovidas pelas habilidades comportamentais” é cada vez forte no mercado de trabalho, afinal de contas, as fraquezas nessas habilidades são mais facilmente expostas por conta da crescente inclusão de tecnologias digitais e automatizadas para as tarefas manuais e repetitivas. Essas habilidades comportamentais, também citadas como soft kills, são definitivas para progredir ou estagnar na carreira.

“O relatório “The Future of Jobs 2020”, do Fórum Econômico Mundial apontou que 55,4% das organizações entrevistadas relataram dificuldades para encontrar as competências desejadas nos candidatos, concluindo que 50% da força de trabalho do mundo vai precisar de algum nível de requalificação”, alertou a neurocientista do SUPERA Livia Ciacci.

O teste de soft skills para adultos inclui 130 perguntas divididas em 13 Soft Skills (habilidades comportamentais), com 10 perguntas para Comunicação, Pensamento crítico, Gestão do Tempo, Empatia e colaboração, Flexibilidade e adaptabilidade, Gerenciamento de estresse, Resolução de problemas, Inovação, ideação e originalidade, Análise de dados, Aprendizado ativo, Resiliência e persistência, Inteligência emocional, Influência social e liderança.

“Lembramos a todos que o teste só será válido se as respostas forem extremamente sinceras, o objetivo é identificar os pontos fortes e fracos, proporcionando o entendimento de quais habilidades merecem mais atenção. Ao final das respostas, será gerado um mapa de habilidades”, detalhou a especialista.

Teste de SOFT SKILLS para jovens

Com um conteúdo adaptado para a realidade do jovem que está entrando no mercado de trabalho, o Teste de soft skills para jovens considera as muitas mudanças do cérebro nesta faixa etária e oferece ao público a oportunidade de identificar com mais clareza quais pontos podem estar dificultando uma possível contratação e desenvolvimento pessoal e profissional. Atualmente muitos projetos educacionais incluem o ensino de empreendedorismo e inovação para jovens, já pensando em competências e atitudes necessárias para um futuro breve.

A neurocientista do SUPERA, Livia Ciacci lembra que antes de aprender qualquer atitude complexa (como o empreendedorismo), é vital ter uma estrutura neuronal de atenção, controle inibitório, memória de trabalho e metacognição preparada, principalmente considerando o contexto atual digitalizado e repleto de distrações.

 “Sabemos que na adolescência ocorrem muitas transformações no sistema nervoso que acompanham a maturação dos lobos frontais, momento que pode ser otimizado com o aprendizado de padrões de tomada de decisão e pensamento estratégico que vão favorecer o desenvolvimento das soft skills desde cedo”, pontou.

Teste de habilidades do futuro para crianças 

Para avaliar crianças com menos de 10 anos, o SUPERA criou uma metodologia exclusiva que auxilia na análise das habilidades primárias e têm relação direta com o desenvolvimento das 7 habilidades comportamentais essenciais para um melhor desempenho da criança em suas atividades. São elas:

Comunicação – teste de linguagem e interpretação

Pensamento crítico  – raciocínio lógico

Empatia e colaboração – interação inter e intrapessoal

Aprendizado ativo – atenção, pensamento lateral e visuoespacial

Resiliência e persistência – controle inibitório

Inteligência emocional – interação intrapessoal e pensamento analítico

Influência social – atenção e memória de trabalho

“Prestar atenção em algo tende a ser mais difícil para as crianças pelas próprias características exploratórias. A falta de atenção tem seu período mais crítico na faixa entre os cinco e oito anos. A partir desse conhecimento, os objetos manipuláveis, o lúdico e os jogos passam a ser aliados ao aprendizado de habilidades cognitivas, não só por chamar mais a atenção, mas também pelo estímulo à motivação, desencadeando diversos processos de ativação dos neurônios”, detalhou Livia Ciacci, neurocientista do SUPERA.

Teste de qualidade de vida para idosos

Atingir os 60 anos de idade é um marco importante na história de vida de uma pessoa, pois as escolhas que envolvem os hábitos e estilo de vida serão definitivos para manter a saúde do cérebro e garantir a autonomia ou comprometer fortemente a qualidade de vida dos próximos anos.

A neurocientista do SUPERA Ginástica para o cérebro, Lívia Ciacci, criou uma ferramenta para auxiliar na auto análise das 6 habilidades comportamentais com 60 perguntas para um envelhecimento produtivo e autônomo.

“É importante destacar que este tipo de teste é comercializado e o SUPERA está oferecendo de forma e exclusiva em suas escolas. Mais do que buscar melhorar, partimos do princípio de que precisamos identificar quais são os pontos a serem melhorados, para só então, agir com assertividade”, concluiu.

Os testes serão ministrados exclusivamente nas unidades do SUPERA por educadores e especialistas em ginástica para o cérebro.

Serviço – Testes de habilidades SUPERA – para todas as idades

Deixe uma resposta