Prefeito David Almeida assina ordem de reforma de feira municipal há 16 anos abandonada

“A história das feiras e mercados de Manaus é uma antes e será outra depois da nossa gestão. Essa é a realidade”. Foi com o forte discurso que o prefeito de Manaus, David Almeida, assinou, nesta quinta-feira, 11/8, a ordem de serviço para a reforma da feira municipal do Nova Cidade, localizada na zona Norte da capital amazonense. O local não recebe manutenção desde sua inauguração, há 16 anos.

“Essa feira existe há 16 anos. Fizeram e entregaram e não houve mais nenhuma reforma. Nós vamos refazer a feira praticamente. Vamos resolver o problema da drenagem, forro, iluminação, fiação, banheiros, pisos, tudo eu quero reformado. Eu quero deixar Manaus com a melhor estrutura de feiras e mercados do Brasil. Eu não gosto de me comparar com os prefeitos. Eu quero me comparar com o que tem de melhor no Brasil. Nos desafiamos a cada dia a darmos resultados positivos para a população”, enfatizou Almeida.

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), mais de R$ 470 mil serão investidos em serviços e melhorias do local, que conta com 27 permissionários, gerando cerca de 80 empregos diretos e mais de 2 mil indiretos.

Para o gestor municipal, é fundamental que a Prefeitura de Manaus tenha um olhar diferenciado para os permissionários das feiras e mercados.

“Eu fui criado dentro de feiras e mercados. Eu corria pelos corredores dos mercados e feiras que o meu pai trabalhava. Quando assumi a prefeitura, eu falei para o Renato Júnior que se a gente não mudasse a realidade das feiras, esse povo que trabalha nesses espaços públicos nunca teria a oportunidade de melhorar a sua condição de trabalho. Nós vamos reformar as 43 estruturas de feiras e mercados de Manaus. Existem feiras, como a do Japiim, que estavam há 40 anos sem reforma. Agora será uma nova história”, afirmou David.

O titular da Semacc, Wanderson Costa, fez questão de salientar que agora os feirantes estão sendo ouvidos pela Prefeitura de Manaus.

“Esse momento é um marco nessa gestão, pois resgata a dignidade dos trabalhadores desse espaço. Nos quatro cantos da cidade, a Prefeitura de Manaus tem exercido um papel fundamental. Essa gestão tem um olhar especial para a classe dos feirantes. Estamos tendo a oportunidade de conversar com os trabalhadores, para conhecer a realidade. Há quase 20 anos eles não recebiam uma atenção. Antes, eles eram esquecidos pelo poder público. Agora são protagonistas”, destacou Wanderson Costa.

Fiscalização

O prefeito de Manaus, David Almeida, ressaltou que tem realizado uma série de fiscalizações por toda a cidade para conhecer de perto a realidade e necessidade da população. Ele relembrou que nesta semana reinaugurou duas escolas que haviam sido denunciadas em suas redes sociais.

“Tenho recebido muitas demandas pela rede social. Eu vou pessoalmente ver o problema. Não mando ninguém, porque essa é a minha responsabilidade. A responsabilidade com a minha cidade, o local que eu vivo, que a minha família vive e o que queremos para toda a nossa população. O cuidado que nós temos com as zonas Sul, Centro-Sul, nós trazemos para as zonas Norte, Leste, e para toda a cidade”, disse Almeida.

Morador do Nova Cidade, o enfermeiro Denison Vilar, 40 anos, afirmou que o trabalho realizado pelo prefeito David Almeida já o credencia a ser chamado como o melhor prefeito da história de Manaus.

“Manaus está sendo gerida por uma pessoa que tem sensibilidade com as pessoas, que isso é importante. Dizer a vocês que ele não é prefeito tão somente dos feirantes. Ele é o prefeito da saúde, ele é o prefeito da educação, ele é dos feirantes, ele é o prefeito do povo, ele é o prefeito daqueles que o elegeram. Venho aqui publicamente agradecer ao prefeito e toda a equipe que está fazendo um trabalho extraordinário na cidade de Manaus. Sem dúvida nenhuma, ele está sendo o melhor prefeito da história da cidade, porque em um ano e meio, dois anos, fazer o que este homem está fazendo é porque ele dorme e acorda nas ruas”, afirma Denison Vilar.

— — —

Texto – Thiago Fernando / Semcom

Fotos – Dhyeizo Lemos / Semcom

Deixe uma resposta