Espetáculos regionais de teatro ganham destaque no #SouManaus Passo a Paço 2022

A valorização dos artistas regionais é destaque no maior festival de artes integradas do norte do país, o “#SouManaus Passo a Paço 2022”, promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura Turismo e Eventos (Manauscult). A programação do evento está repleta de apresentações de espetáculos teatrais em todos os dias do festival, que acontece de 3 a 6 de setembro.

Com entrada gratuita em todos os dias, a coordenação do festival escolheu o Teatro da Instalação, na Rua Frei José dos Inocentes, no coração do centro histórico da cidade, para ser palco do enaltecimento das grandes produções teatrais que movimentam a cena contemporânea artístico-cultural da capital amazonense.

“O #SouManaus Passo a Paço 2022 veio com uma proposta inédita das edições anteriores, pois a atual gestão entende que a participação da classe artística local é essencial e estamos valorizando isso. Com foco na democratização da cultura amazonense, neste ano o festival está divulgando cerca de 1.117 artistas locais que merecem ter os seus trabalhos expandidos para todo o país”, ressaltou o diretor de Cultura da Manauscult, Jonathas Ribeiro.

Essa é uma ótima oportunidade para a população manauara e, bem como, os turistas que estiverem de passagem pela cidade, prestigiarem as peças em que a representação da cultura local será a grande performance dos espetáculos.

Dentre a programação das peças teatrais, estão espetáculos direcionados tanto para o público adulto, com classificação a partir de 14 anos, quanto para o público infantil, com classificação livre.

Programação:

3 de setembro – 19h (+ 14 anos)

Espetáculo: “Diário das Marias”

Cia: Trilhares

4 de setembro – 17h (+ 14 anos)

Espetáculo: “Helena”

Cia: Ateliê 23

 

5 de setembro – 19h (+14 anos)

Espetáculo: “A Herança Maldita de Mercedita de La Cruz”

Cia: Apareceu a Margarida

 

6 de setembro – 17h (Classificação livre)

Espetáculo Infantil: “O Jardim Enfeitiçado”

Cia: Metamorfose

Texto – Samira El kebbe / Semcom

Foto – Marinho Ramos / Semcom

Deixe uma resposta