Candidaturas negras atingem maior patamar desde 2014

Quase metade dos candidatos em 2022 se autodeclaram pretos ou partos. O percentual de candidatos negros nas eleições atingiu o maior patamar desde 2014, ano em que os dados passaram a ser organizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em 2022, 49,49% dos candidatos se autodeclaram negros. Em 2018, eram 46,5% e em 2014, 44,24%. Os recursos, porém, não têm sido distribuídos na mesma proporção.

De modo geral, os dados de prestação de contas do TSE mostram que os candidatos negros receberam, até o momento, pouco mais de 25% dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha.

Segundo o TSE, as agremiações são livres para definir os critérios adotados para a distribuição dos recursos entre os candidatos. Contudo, os partidos não podem deixar de atender às determinações da legislação eleitoral sobre a destinação de, pelo menos, 30% dos recursos para candidaturas femininas e a observância da proporcionalidade de candidatas e candidatos autodeclarados negros.

*Com informações da CNN Brasil

Deixe uma resposta