TRE-AM realiza auditoria em urnas eletrônicas durante pleito 2022

Medida visa assegurar a transparência, segurança e lisura das eleições no estado. O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) realiza, neste domingo (1), desde o início do pleito, auditoria em 23 urnas eletrônicas para garantir a transparência e a lisura das eleições 2022 no estado. As urnas foram escolhidas mediante sorteio no último sábado (30).

De acordo com o presidente da Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica, desembargador eleitoral Marcelo Vieira, foi montada uma sala com 18 urnas, no 4º andar da sede do Tribunal, que passarão pelo chamado “Teste de Integridade”, onde votos em cédulas (trazidos por representantes e partidos políticos), serão computados no equipamento, simulando uma votação real.  O trabalho é realizado por servidores da Justiça Eleitoral e monitorado por câmeras. Ao final do dia, os votos apurados em cédulas serão comparados ao boletim de urna para comprovar a segurança do processo.  Na Faculdade Martha Falcão, duas urnas com biometria também passarão pelo Teste de Integridade. “Esse processo é realizado em todos os pleitos para mostrar que o sistema é seguro, transparente e auditável”, afirmou Vieira.

Antes da abertura do pleito, outras três urnas das zonas eleitorais 58, 59 e 70 passaram pelo Teste de Autenticidade, que verifica as condições da urnas, se o sistema está operante e se as instalações foram feitas corretamente. Segundo o Secretário de Tecnologia da Informação do TRE-AM, Ivan Carneiro, o procedimento foi realizado na presença de representantes dos respectivos Cartórios eleitorais, Ministério Público, servidores e fiscais. No ato, nenhuma irregularidade foi identificada.

Logo mais, às 9h, o TRE-AM  vai realizar a primeira coletiva de imprensa, com o balanço sobre andamento do pleito desde as primeiras horas da manhã. A coletiva será transmitida pelo Youtube e pelas redes sociais do órgão.

Deixe uma resposta