Eduardo Braga inicia segundo turno com apoio de Omar, Carol Braz e Partido dos Trabalhadores

O candidato a governador do Amazonas, senador Eduardo Braga (MDB) lançou, nesta sexta-feira (07/10), a Frente Ampla Em Defesa da Vida, movimento político-popular que reúne prefeitos, ex-prefeitos e vereadores do interior, além de centenas de lideranças políticas da capital para colocar o Amazonas no rumo certo no segundo turno das eleições.

Fazem parte da mobilização o presidente da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), Jair Souto e prefeitos como o de Itacoatiara, Mário Abrahim e de Manacapuru, Beto D’Ângelo, os dois maiores colégios eleitorais do estado. Outras lideranças políticas e religiosas da capital e do interior também estão se engajando na campanha até o dia 30 de outubro.

“O nosso movimento representa 58% da população do Amazonas que disse ‘não’ ao governo Wilson Lima no primeiro turno das eleições. E o nosso “Banzeiro do 15” vai ser um tsunami em todo o estado. Vamos percorrer todas as comunidades dos municípios levando as nossas propostas para enfrentar o maior inimigo dos amazonenses que é a fome”, afirmou Eduardo Braga.

O evento aconteceu no Comitê Central da campanha da coligação “Em defesa da vida”, localizado no conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, zona Leste de Manaus. Reuniu centenas de pessoas e marcou o anúncio do apoio oficial do senador reeleito, Omar Aziz (PSD) e da ex-juíza e defensora pública Carol Braz, que ficou em quinto lugar no primeiro turno, à campanha de Eduardo Braga no segundo turno.

Apoio de Omar

O senador Eduardo agradeceu o apoio de Omar e de Carol Braz, e da ex-vice-governadora na chapa ao governo estadual do deputado Ricardo Nicolau, Cristiane Balieiro (PSB), que agora faz parte da família do 15 da esperança. “Eduardo, meu amigo, conte comigo, porque você é o único capaz de fazer o Amazonas crescer ao lado do presidente Lula”, afirmou o senador reeleito do PSD.

Também estavam presentes o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal), Waldemir Santana e o presidente da Associação Amazonense dos Municípios (AAM) e prefeito de Manaquiri, Jair Souto (MDB). “Vamos à vitória, e a vitória é o 15 e o 13 do presidente Lula. Tenho a certeza que o povo do Amazonas vai reconhecer o nosso trabalho”, disse Carol Braz.

“Quero agradecer cada um de vocês que estão aqui agora, nesse primeiro dia de encontro das lideranças políticas após o dia 2 de outubro. E vamos, meus amigos, todos juntos, levar as boas novas ao povo tão sofrido por esse governo que está aí, que não cuida das pessoas, que não tem compromisso com o nosso estado. Pra crescer tem que mudar”, afirmou Braga.

Auxílio estadual

Eduardo voltou a destacar o compromisso de campanha de implantar o ‘Novo Cidadão”, o maior programa de transferência de renda, que vai garantir um auxílio estadual de R$ 500 para 500 mil famílias amazonenses que hoje vivem em situação de extrema pobreza e pobreza no Amazonas, de acordo com levantamentos do IBGE.

O senador do MDB lembrou que o valor do auxílio estadual vai se juntar ao auxílio federal de R$ 600 que será garantido pelo presidente Lula para gerar mais renda à população. “Portanto, serão R$ 1,1 mil para às famílias comprarem comida, porque o auxílio de R$ 150 dado pelo governador não dá para comprar uma botija de gás e uma cesta básica”, afirmou Eduardo.

Braga explicou que as 300 famílias, que atualmente recebem o auxílio estadual de R$ 150, serão automaticamente cadastradas no Novo Cidadão, e que o seu governo vai criar um plano de busca ativa das 200 mil famílias que não estão incluídas no atual programa. “Vamos atrás dessas pessoas e garantir à elas a oportunidade de viver com dignidade”, garantiu.

Deixe uma resposta