Câmera flagra vizinho com faca na porta de Eddy Jr., vítima de racismo

Imagens de câmeras de segurança, registradas no prédio em que o humorista Eddy Jr. vive, em São Paulo, mostram o momento em que vizinhos o ameaçam com uma faca e uma garrafa de vidro. Na terça-feira (18/10), Eddy usou as redes sociais para denunciar ataques racistas feitos pelos moradores do edifício.

Em vídeo divulgado no Instagram, Eddy mostrou o momento em que uma mulher o chama de “macaco” durante uma confusão no elevador do prédio. Segundo o humorista, ela reclamou por estar no mesmo local que ele.

Vídeos obtidos pelo portal G1 mostram que os ataques já haviam ocorrido antes da confusão essa terça-feira. Em 1º de setembro, o filho da vizinha foi até a porta de Eddy segurando um facão. Ele tocou a campainha e deu tapas na porta. Em um momento, ele chegou a brincar com a faca, jogando a arma para cima.

Após não obter retorno de Eddy, o homem voltou ao próprio apartamento. Minutos depois, seguranças foram até o andar. Eles bateram na porta do humorista e conversaram com ele. A ação ocorreu durante a madrugada.

Garrafa de vidro

Uma semana depois, em 7 de setembro, os vizinhos voltaram a bater na porta de Eddy. Eles ficaram no local por alguns segundos e retornaram ao próprio apartamento. Um segurança do prédio foi até o local, mas deixou o andar minutos depois.

Ataques racistas

Os vídeos divulgados por Eddy Jr. na terça-feira, mostram uma série de ofensas feitas pela vizinha. A mulher afirma que o humorista é “bandido” e o chama de “macaco”. Veja o vídeo:

https://www.instagram.com/reel/Cj3UCv7JqWr/?igshid=YmMyMTA2M2Y=

Deixe uma resposta