Dois policiais são feridos em ação contra Roberto Jefferson

Durante o cumprimento do mandado de prisão contra Roberto Jefferson, ao menos dois policiais foram feridos, sem gravidade. Como mostramos, o ex-deputado reagiu à abordagem e atirou.

O delegado Marcelo Vilella foi atingido na cabeça, enquanto uma agente identificada apenas como Karina, foi ferida na cabeça. Os dois foram atendidos em um hospital na região da cidade de Comendador Levy Gasparian, no Rio de Janeiro, e já tiveram alta.

Ainda não há informação de como eles teriam sido atingidos, mas há suspeitas de que teriam sido feridos por estilhaços.

Roberto Jefferson é investigado por suposta participação em milícias digitais que atuam contra a democracia e, atualmente, cumpre prisão domiciliar.

Ele está proibido de participar de redes sociais. Na sexta, porém, sua filha Cristiane Brasil publicou um vídeo em que o ex-deputado xingou a ministra Cármen Lúcia ao reclamar da decisão do TSE de desmonetizar canais bolsonaristas e impedir a divulgação de um documentário da produtora Brasil Paralelo.

Fonte: O Antagonista

Deixe uma resposta