TCE-AM divulga edital de processo seletivo para estágio com bolsa de R$ 1,5 mil

Com remuneração de R$ 1.286,59, além de auxílio-transporte no valor de R$ 215,68, o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) divulgou, nesta sexta-feira (4), o edital para o Processo Seletivo de Estágio (PSE/2022) coordenado pela Escola de Contas Públicas (ECP). Ao todo serão 95 vagas disponibilizadas para dez cursos de nível superior de instituições de ensino públicas e privadas.

O edital foi publicado na edição desta sexta-feira (4) do Diário Oficial Eletrônico da Corte de Contas amazonense e pode ser acessado por meio do endereço eletrônico https://doe.tce.am.gov.br/.

As inscrições poderão ser realizadas do dia 11 a 17 de novembro, via endereço virtual https://processoseletivo.tce.am.gov.br/, e o resultado final está previsto para o dia 19 de dezembro.

“Como já é tradição, o Tribunal de Contas do Amazonas abre novamente suas portas para oportunizar aos estudantes do ensino superior a possibilidade de desenvolver seus conhecimentos teóricos da sala de aula na prática do mercado de trabalho, inclusive em um ambiente de trabalho diferenciado, que os trata como profissionais, sem desvios de função, ou seja, é uma experiência sem dúvidas marcante e produtiva para todos os estagiários”, destacou o presidente da Corte de Contas, conselheiro Érico Desterro.

Metodologia de classificação

Diferente de edições anteriores, o Processo Seletivo não terá a realização de provas para classificação no certame.

Desta vez a metodologia de classificação levará em conta apenas a nota do coeficiente de rendimento universitário do estudante, que passará por análise de examinadores da Escola de Contas Públicas (ECP). Isso acontece devido à urgência de demandas do TCE-AM, que possui alta rotatividade de estagiários, conforme explicou o conselheiro-presidente Érico Desterro.

“Será um processo impessoal e continuará transparente. Aquele que tiver a melhor colocação, estará melhor ranqueado na lista de aprovados. Estamos precisando com urgência de estagiários e a aplicação de provas resultaria em um prazo maior de seleção, por isso, faremos desta forma”, explicou.

Para o coordenador da Escola de Contas Públicas (ECP), conselheiro Mario de Mello, o estágio no TCE-AM é uma boa oportunidade para que os estudantes tenham um primeiro contato com o mercado de trabalho.

Ele também destacou a importância de uma bolsa auxílio que garanta aos estagiários condições para exercer as funções.

“Todos os aprovados poderão ter certeza que estarão atuando em um órgão que os valoriza, tanto com uma bolsa com valor acima da média, quanto com a própria execução dos trabalhos e atividades diárias no Tribunal de Contas”, disse o coordenador da ECP, conselheiro Mario de Mello.

Vagas e cursos

Dos dez cursos com vagas disponíveis para o Processo Seletivo, os cursos com atividade-fim do Tribunal são os que possuem mais vagas, entre eles o campeão de vagas Direito, que terá 48 disponíveis, seguido de Administração, com 30 vagas. O curso de Análise de Sistema e Tecnologia de Informação possui oito vagas; ciências contábeis possui seis vagas; arquivologia com duas vagas e ciências econômicas com uma vaga.

Já para os cursos de arquitetura, comunicação social, engenharia civil e pedagogia haverá a criação de um cadastro de reserva, podendo o estagiário aprovado ser convocado para iniciar as atividades assim que novas vagas forem disponibilizadas.

Todos os cursos possuem quantitativo destinado à ampla concorrência, pessoa com deficiência, além de vagas exclusivas para instituições públicas conveniadas com o TCE-AM, como a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Deixe uma resposta