TCE-AM irá oferecer cursos de pós-graduação em Relações Institucionais e Compliance

A Escola de Contas Públicas do Tribunal de Contas do Amazonas (ECP/TCE-AM) irá oferecer cursos de pós-graduação MBA em Relações Institucionais, Governamentais e Compliance.

A oferta acontecerá por meio de uma parceria firmada entre a Corte de Contas e a Faculdade Autônoma de Direito (Fadisp/Unialfa).

A assinatura da parceria foi realizada na manhã desta terça-feira (8), na sede da Corte de Contas. As aulas devem iniciar já em março de 2023, com duração até dezembro de 2024.

“Estamos muito felizes não somente por essa conquista, que vai qualificar ainda mais os servidores desta Corte de Contas, mas também por se tratar de um tema que é muito relevante dentro do ambiente público. Sem dúvidas, é mais uma conquista para o TCE-AM e para a Escola de Contas”, destacou o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.

“Vamos ter o nosso próprio MBA e isso será muito importante para o quadro institucional do TCE-AM e também para o funcionalismo público em geral, pois vamos atender o quadro de servidores, mas, eventualmente, com a oferta de vagas, também vamos oferecer para o funcionalismo público e estadual”, destacou o coordenador-geral da ECP, conselheiro Mario de Mello.

Sobre o curso

O curso de pós-graduação lato sensu (MBA) será realizado no modelo híbrido, com 80% das aulas realizadas presencialmente, e 20% on-line. Em um primeiro momento, as 60 vagas disponíveis serão destinadas aos servidores do TCE-AM, mas há a expectativa de nova oferta de vagas no futuro.

O início das aulas ocorrerá em março de 2023 e se estenderá até dezembro de 2024. Diferente dos cursos de pós-graduação já oferecidos pelo TCE-AM, a expedição do diploma será da própria Escola de Contas, conquista aprovada pelo Conselho de Educação do Estado.

Após análise do conselho, o TCE-AM foi certificado a emitir diplomas por conter um quantitativo de especialistas, mestres e doutores aptos a ministrar cursos a nível de pós-graduação.

Deixe uma resposta