Lula quer COP30 na Amazônia: “O Brasil de volta ao mundo”

O presidente da República eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmou, nesta quarta-feira (16/11), que vai pedir ao secretário-geral da ONU, António Guterres, que a COP30 seja realizada no Brasil. O evento ocorrerá em 2025. A reunião deve acontecer na quinta-feira, 17/11.

“O Brasil está de volta ao mundo, saindo do casulo a que foi submetido nos últimos quatro anos. […] Era um governo que não fazia qualquer esforço para conversar com o mundo”, disse Lula, após participação no HUB do Consórcio da Amazônia Legal na COP27, realizada em Sharm El-Sheikh, no Egito.

 

Nesta manhã, o petista se encontrou com os governadores do Acre, Gladson Cameli (PP); de Mato Grosso, Mauro Mendes (União); do Pará, Helder Barbalho (MDB); e de Tocantins, Wanderlei Barbosa (Republicanos), todos integrantes da Amazônia Legal.

Também compareceram ao evento os chefes dos Executivos do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT); e do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB).

Lula chegou a Sharm El-Sheikh na madrugada desta terça-feira (15/11), horário local (noite de segunda-feira, 14/11, em Brasília). Ele viajou à cidade-sede da COP27 em um jatinho do empresário José Seripieri Junior, fundador da Qualicorp e delator na Lava Jato.

O petista foi convidado publicamente pelo presidente do Egito, Abdul Fatah Khalil Al-Sisi, para participar do evento climático.

Na terça, Lula teve encontros bilaterais com autoridades do clima dos Estados Unidos e da China. Ele também falou com o presidente do Egito e se reuniu com senadores que participam da COP27, incluindo o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Deixe uma resposta