Caminhoneiros voltam a fazer bloqueios em rodovias federais

Parte dos caminhoneiros retomou alguns bloqueios e manifestações em rodovias do país nesta sexta-feira (18/11). Há bloqueios em estradas federais de pelo menos dois estados: cinco em Rondônia e três interdições parciais em Mato Grosso.

Também há relatos de paralisações de caminhoneiros e protestos, sem necessariamente a interdição de pistas.

Os cinco bloqueios de Rondônia são na BR-264, nas cidades de Vilhena, Cacoal, Presidente Médici e Ji-Paraná, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

No Rio de Janeiro, houve registro de manifestações de caminhoneiros na BR-116, BR-101, BR-040, BR-393 e BR-493. Durante a madrugada, houve bloqueio em rodovias que passam por Cristalina, no Entorno do DF, mas a via foi liberada pela PRF ainda na manhã.

Líder de caminhoneiros, Eliseu Rosário fez um vídeo convocando a categoria para a paralisação. Ele aparece nas imagens em Luís Eduardo Magalhães, na Bahia.

“Nós não estamos em uma movimentação de paralisação, nós estamos em uma guerra. E pedimos também que a PRF nos ajude e não venha se intrometer, porque, se vier, não vai ser coisa boa, porque guerra é guerra”, ameaçou Eliseu na gravação.

O caminhoneiro ainda fala, no vídeo, que os manifestantes vão “tacar fogo” para dar uma lição no ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Ele também ameaça profissionais que não aceitarem participar do protesto. “Pode ter sua carreta pegando fogo”, afirmou.

Fonte: Metrópoles

Deixe uma resposta