Julgamento de acusados pela chacina no Compaj é adiado em Manaus

O juiz de Direito titular da 2.ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, Anésio Rocha Pinheiro, determinou na manhã desta segunda-feira (22/11), o adiamento da realização do júri dos réus Gelson Lima Carnaúba, Marcos Paulo da Cruz e Francisco Álvaro Pereira, acusados de envolvimento no massacre que aconteceu no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), no ano de 2002, quando 12 detentos e um agente penitenciário foram mortos. Continuar lendo “Julgamento de acusados pela chacina no Compaj é adiado em Manaus”

A 3ª Vara do Tribunal do Júri encerra julgamento de acusados da morte do PM Paulo César Portilho com sete condenações

A 3ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus encerrou na madrugada desta sexta-feira, 24/09, o terceiro e último dia de Julgamento Popular dos réus acusados da morte do policial militar Paulo Sérgio da Silva Portilho, crime ocorrido no dia 26 de maio de 2017, por volta de 23h50, na invasão do Buritizal, Bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus.

Continuar lendo “A 3ª Vara do Tribunal do Júri encerra julgamento de acusados da morte do PM Paulo César Portilho com sete condenações”

No AM, banco Itaú é condenado a indenizar ex-gerente demitido após sofrer acidente de trabalho

A Segunda Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – AM/RR (TRT11) rejeitou o recurso do banco Itaú e manteve a condenação ao pagamento de 12 meses de salário do período de estabilidade, além de fixar em R$ 50 mil reais a indenização por dano moral a um ex-gerente demitido um mês após sofrer acidente de trabalho. O empregado, que havia sido admitido em 1998, contava com 17 anos de serviço na instituição bancária quando foi dispensado. Continuar lendo “No AM, banco Itaú é condenado a indenizar ex-gerente demitido após sofrer acidente de trabalho”