Oficial da PM, médico e empresária são alvos de nova ação por corrupção ativa e passiva

Por meio da empresa Salvare, organização criminosa pagou ao coronel Aroldo Ribeiro R$ 210 mil por esquema de proteção ilegal de policiais civis e militares a membros do grupo.

Continuar lendo “Oficial da PM, médico e empresária são alvos de nova ação por corrupção ativa e passiva”