No AM, banco Itaú é condenado a indenizar ex-gerente demitido após sofrer acidente de trabalho

A Segunda Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – AM/RR (TRT11) rejeitou o recurso do banco Itaú e manteve a condenação ao pagamento de 12 meses de salário do período de estabilidade, além de fixar em R$ 50 mil reais a indenização por dano moral a um ex-gerente demitido um mês após sofrer acidente de trabalho. O empregado, que havia sido admitido em 1998, contava com 17 anos de serviço na instituição bancária quando foi dispensado. Continuar lendo “No AM, banco Itaú é condenado a indenizar ex-gerente demitido após sofrer acidente de trabalho”